Demanda por (auto-)burrice

Eu sei que você acha que ninguém seria capaz de querer ser menos inteligente. Você acha que aquele seu colega que não estuda não demandaria menos inteligência porque, afinal, você acha que é “racional” buscar ser mais craque, não é?

Mas a racionalidade do indivíduo é um conceito que não depende de valores morais. Acha que não? Então veja esta dona que deseja, desesperadamente, ficar mais burra. Note que faz todo sentido do mundo, não faz? Qual é o mercado dela? Quanto ela ganha por ser a cara (ela é?) da bonequinha Barbie?

Obviamente, uma boa pergunta diz respeito ao preço deste tratamento. Afinal, nem todo mundo procura ser burro de forma tão sistemática e explícita. Suspeito que a fama dela ainda aumente o preço das sessões.

Claro, outra pergunta é se isto funciona. Espero que você não seja voluntário para um teste, neste caso.

Anúncios

Oferta e Demanda para alunos que mal começaram: leite, manteiga e bolos de Natal no Japão

Simples assim. Em resumo (se é que é possível resumir mais ainda): o calor afetou a produção de leite e manteiga no Japão, aumetando-os. Por que?

Além disso, o Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão também atribuiu a falta de leite no mercado à diminuição do rendimento das vacas leiteiras por causa do calor intenso deste ano. Sem leite, a produção de manteiga também diminuiu e isso acarretou um aumento nos preços.

Fácil, né? Aí você me pergunta: o que fazer? Ora, numa economia – realmente – aberta, basta importar. Mas, claro, nem sempre isso adianta porque a demanda é sazonal.

O governo japonês tentou contornar a situação e evitar o aumento excessivo dos preços importando manteiga de outros países. Porém, esta medida não tem sido suficiente, principalmente nesta época do ano em que a produção de bolos de natal (saiba mais sobre os bolos de natal do Japão, na Hashitag), crescem consideravelmente.

Notaram? Mesmo que a curva de oferta se desloque para a direita e para baixo, o problema é que a demanda, nesta época do ano, vai para a direita e para cima. Logo, qual será o impacto sobre o preço e a quantidade de equilíbrio? Não sabemos (mais sobre o problema aqui).

Um ponto importante é que você, leitor(a) perceba a importância da sazonalidade, que, na verdade, pode causar deslocamentos na curva de demanda mais previsíveis do que aleatórias. Mais ainda, diferentes sazonalidades podem afetar – também diferentemente – ambas as curvas. Aliás, é o que você vê nesta matéria pois o verão é sazonal tal e qual o Natal. Obviamente, a sobreposição dos ciclos sazonais é uma das chaves para se entender o destino do preço e também o da quantidade de equilíbrio.

Gostou? Caso tenha respondido positivamente, então você também gosta de Ciências Econômicas. Faça uma boa escolha no Vestibular. ^_^

Estimações de demanda?

Eis um curso no NBER sobre o tema. Recente. Não usamos isso no Nepom, mas é algo que pode ser útil a qualquer aluno que almeje o aperfeiçoamento em métodos econométricos.

Fica aí a dica.