O fim do GECE

Vitor Wilher me pegou de surpresa com o anúncio do fim do GECE (mas nem tudo está perdido). Antes que eu pudesse lamentar, ele deu a boa nova (veja o parênteses anterior) e fiquei menos triste. Afinal, acho que um dos grandes méritos de grupos como o Nepom e o GECE é o de aprofundar conceitos estudados na graduação, filtrando por crenças mal fundamentadas ou preconceitos.

Desde que conheci o Vitor, vi também que ele começou um esforço sensacional de começar a trabalhar com o R e, quem começou isto do nada, como eu, sabe como só a dedicação e o empenho podem levar a algum lugar.

Acho que, agora, a torcida é para que mais grupos no Brasil sigam por esta trajetória.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s