A Selic não mudou

A imprensa divulgou hoje a decisão do Copom: manutenção da Selic. Nosso modelo econométrico deu este como um dos resultados mais prováveis dentre todas as possíveis decisões (o outro, quase tão provável, é que o Copom aumentaria em 0.5 p.p. a taxa). Por que isto acontece?

Na minha interpretação, a ação do Copom é compatível com o ciclo político-eleitoral (e eu acho que muitos analistas vão concordar comigo neste ponto). Em termos do modelo, o que eu acho? Os dois resultados, para mim, mostram o dilema em que Tombini se enfiou ao aceitar pilotar uma autoridade monetária totalmente dependente da autoridade fiscal. Como o modelo tem um componente inercial – como observou o prof. Ari, outro entusiasta do Nepom – ele lentamente aprende com o passado e o passado recente de Tombini tem sido uma mistura de contradições. Aos poucos, o modelo incorporou esta característica e, bem, junto com o restante (outras variáveis do modelo), chegamos a um resultado em que a previsão do modelo bateu em cima (gol da Alemanha!).

É isto aí.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s