Café com ‘papers’ – Função Consumo e Renda Permanente

“I think the term classical liberal is also equally applicable. I don’t really care very much what I’m called. I’m much more interested in having people thinking about the ideas, rather than the person.” (Milton Friedman)

Amanhã vamos almoçar discutindo o terceiro capítulo do famoso A Theory of the Consumption Function de Milton Friedman. É um livro antigo? É. Foi publicado em 1957. Mas é um bom exercício de leitura. Espero que os membros do grupo tenham aprendido a estudar um texto de forma melhor com estes últimos textos que discutimos. Preparar-se para discutir um texto é uma tarefa que dá trabalho. Em compensação, o aprendizado…

Vamos pedir uma pizza e faremos a discussão. Depois teremos a prévia e isso vai fechar uma very tiresome semana com chave de ouro, espero. Minhas expectativas para amanhã são as de que os membros do Nepom estarão bem estudados com o texto: as contas foram abertas e souberam reproduzir todos os passos (não é um texto difícil, como os de hoje em dia, muito mais especializados); o texto foi resumido; anotações à mão (porque ninguém merece tentar ler em celulares, com aquela dificuldade…sem falar nos efeitos para a coluna vertebral e não estou brincando: um amigo médico relatou atender adolescentes com problemas de coluna de idosos por conta disto) e muita disposição.

A juventude atual encontrará um jovem Friedman (ele nasceu em 1912 e o livro é de 1957…). Vai ser interessante, para dizer o mínimo.

p.s. Achei muito boa a frase dele que citei acima. Nunca a tinha lido e fico feliz de ver que concordo com ele no que diz respeito aos rótulos, tão em moda entre os atuais jovens que se auto-denominam liberais/libertários. Não confunda economia positiva com normativa, ok?

p.s.2. Dá uma olhada na barra lateral, no item “Café com papers”. Lá está o registro deste novo trabalho que tenho tentado desenvolver com os alunos do Nepom.

Uma resposta em “Café com ‘papers’ – Função Consumo e Renda Permanente

  1. Pingback: Faça-se a luz: e a luz foi feita | De Gustibus Non Est Disputandum

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s