E se usássemos um alfa de 1%?

Leitura para os que não entendem o tal p-valor, mas não têm coragem de estudar.

A dica não é tão difícil, né? Afinal, o autor é um psicólogo. Opa, calma lá. Cuidado com os preconceitos, leitor: na civilização (ou seja, fora do Brasil), psicólogos não são majoritariamente analfabetos em Estatística Básica…

O pessoal do Nepom entrou mesmo no clima da Copa e eu, bem, estou ocupado me divertindo com uns mestrandos muito bons do PPGOM e, assim, não posso atualizar o conteúdo aqui com a frequência que gostaria. Em breve, claro, eu volto à minha programação normal e, espero, eles também.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s