“População e políticas públicas: tendências e cenários para Minas Gerais”

Participei do Lançamento do Caderno nº 21 do BDMG, evento que aconteceu quarta-feira dia 30/10, e segue alguns comentários sobre o artigo publicado: “População e políticas públicas: tendências e cenários para Minas Gerais”.

Conforme apresentado por Frederico Poley, a redução do ritmo de crescimento da população brasileira está ligada, principalmente, a fecundidade e a questão migratória.

Uma figura que achei fantástica, foi a evolução etária da população do estado de Minas Gerais, percebe-se notoriamente a mudança de 1980 para 2010.

Não sei se é possível afirmar, mas foi apresentado que uma das consequências do fechamento da janela de oportunidade demográfica está sendo a redução da pobreza. Outros tópicos abordados que julgo que valem a pena ser ressaltados, são:

  • O que diferencia o Brasil dos países europeus que já passaram por isso (estreitamento da pirâmide etária), é que o que aconteceu em mais de 100 anos nestes países, no Brasil, está sendo realizado em torno de 50 anos!
  • Sabia que a transição demográfica está ligada a transição epdemiológica?
  • E, Emprego e Renda são os principais fatores de retenção da pessoa em uma cidade.

Querem saber mais? Clique aqui e baixe o Caderno.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s