Resultados do Modelo

Na primeira reunião do COPOM do governo Dilma, a selic tem um aumento de 0,5p.p. e inicia o ano de 2011 com uma taxa de 11,25%a.a., fato que não pega o mercado, e nós de surpresa, pois fazendo uma análise básica de economia é possível comentar nos motivos do qual o conselho se pautou para aumentar a taxa.

Primeiro, nota-se uma aceleração inflacionária (IPCA) de 0,09% desde a última reunião, na última sexta-feira o IPCA estava em 5,47%a.a. 0,97% acima da meta do país.

Segundo, a série de produção industrial dessazonalizada calculado pelo IBGE apesar de ter uma queda de aproximadamente 0,12% no mês de outubro para novembro, teve uma variação anual positiva de 4,09% e ainda se mantém acima do nível de produção natural (método calculado através do Filtro HP).

Nota-se no mercado também um aumento na confiança do industrial (ICI – FGV), uma variação mensal de novembro para dezembro de 1.6% indicando um possível crescimento no futuro da produção industrial.

Usando estes dados no nosso modelo chegou-se na seguinte resposta:



O modelo indicou que a série permaneceria inalterada, fato que não ocorreu. Mas ao fazer previsões na série de produção industrial e imputá-los em nosso modelo é possível perceber que no cenário otimista, onde a produção industrial chega a 131.58, o modelo indica uma maior probabilidade para o aumento de 0,5p.p.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s