A crise e o ensino de economia

Ao contrário de um discurso muito comum – e obscurantista – de que os economistas não querem saber de explicações da crise, Mankiw mostra como se faz um serviço bem feito. Em momentos como este, muitos charlatães surgem com explicações bombásticas que, geralmente, incluem uma crítica de fundo psicológico do tipo: “o que eu sempre disse, apesar de errado, agora deveria ser tido como certo (e você deveria me pagar mais por isto), já que tudo o mais falhou”.

Cuidado com este tipo de observação. Ainda é melhor se manter perto dos bons profissionais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s